Postado por : Monik Ornellas

O que você prefere ser: Mocinho ou bandido? É claro que a maioria responde: mocinho.


Mas será mesmo?

O fato é, que ser "mocinho" é algo socialmente aceitável, mas ser "malzinho" é muito convidativo!

O malzinho tem atitude, não leva desaforo para casa, tem respeito, quem sabe até seja temido. Quem não desejaria ter esse tipo de "respeito"?

Os malzinhos são de uma sensualidade ímpar, chakra básico pulsante, poder em forma humana. Ele pode até se dar mal no fim, mas curtiu a festa toda, enquanto o bonzinho sofre o pão que o malzinho amassou para ver a luz da felicidade no final da história. Reconhece esse enredo?

Será que vale a pena tanto sofrimento?

Esse perfil de malzinhos e bonzinhos entram pelas portas, janelas, tv's e monitores da nossa casa e, diante de tanta impotência e impunidade muitos se perguntam: ainda vale a pena ser honesto? Outros, infelizmente, já não se perguntam mais.

O enredo de novelas são sempre esse: ser bom significa sofrer. Ser honesto é ser chato, sem graça ou pastelão.

Porque nunca montam uma pessoa íntegra, com atitude e muito charme, que tenha um perfil convidativo, e um malzinho atrapalhado e burro?

Da mesma forma que algumas pessoas agridem atores na rua, confundindo o personagem com a pessoa, elas também confundem o virtual com o real.

O que a massa entende como realidade? O que se passa na tela da vida real?

O televisão tem um enorme papel social na formação de opiniões. E ela sabe disso!

Da mesma forma que as pessoas tendem a copiar modismos e tendências televisivas, elas levam sim para a vida real estereótipos e valores sobre como ser ou não em seu dia-a-dia.

O fato é que ninguém é 100% bom ou 100% mal, somos seres de dualidade. O bom e o ruim nos coabitam, mas a escolha sobre quem irá prevalecer é sempre nossa.

Sendo assim, que tal sermos bonzinhos mais apimentados? Pautados em nossos direitos, em dia com nossos deveres, conscientes de quem somos e cheios de atitude.

Ser bom não é ser babaca!

"O que me preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem-caráter, nem dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons". Martin Luther King

2 Responses so far.

  1. Anônimo says:

    Auu! Valeu!
    Você prestou atenção mesmo na aula de Psicologia Experimental!

  2. ????
    Psicologia Experimental???
    Acho que foi Psicologia e Aprendizagem, rsss.
    Já tinha escrito esse post antes, inclusive comentei em sala.
    Valeu, seja lá quem for vc! rsrsrs

Licença Creative Commons

Creative Commons License
Bitola Humana by Monik Ornellas is licensed under a Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://consciencianarealidade.blogspot.com.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.
10 frases do dia-a-dia que influenciam sua vida.

Curta!

Mais lidos

Seguidores

Assine o Bitola por E-mail

- Copyright © Bitola Humana -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -