Postado por : Monik Ornellas

É interessante observar que os relacionamentos continuam com o mesmo problema de antes: Comunicação.

A internet veio, mais pessoas andam conversando, se conectando, verbalizando o que gostam, quebrando barreiras e conhecendo outras do outro lado do mundo, mas ainda não estamos levando isso para o pessoal. Quando chega no âmbito do ‘eu e você’, a coisa complica.

Comunicação é uma arte que se dá em diversos níveis e formas, mas do mesmo jeito que algumas pessoas não conseguem sacar o sentido de uma piada, outras não desenvolvem uma boa percepção no quesito comunicação.

Você fala A, ela entende H. Algumas relações parecem papo de surdo e mudo, as pessoas não se escutam, logo, nunca se entendem. Embora os surdos e mudos estejam anos luz a frente de muita gente que fala fluentemente.


Agora, é preciso trocar de lugar com o coleguinha de vez enquando, por que tem gente que só gosta de falar, nunca se permitindo migrar da posição de falador para a de escutador. O fato é que falar é fácil, mas escutar é uma arte. Quem 'sabe' escutar ganha o mundo!

Há também aquela dificuldade de saber se colocar. Não se posicionar dentro da relação vem do medo de “perder” o parceiro, desagradar o amigo e quem sabe até fazer frente a uma nova amizade. Dizer o que gosta e como gosta faz parte de qualquer relação, embotar-se o tempo todo é que não dá certo, pois cria um vácuo interno que terá que ser preenchido em algum momento. O erro é querer ocupá-lo com os gostos e vontades do outro.


Por que tanta dificuldade para dizer um “Não”? “Não, eu não quero ir”, “Não, eu não gosto disso”, “Não, prefiro ficar em casa”, “Não, obrigada”.

Essa é a aquela parte do relacionamento chamada sinceridade, “eu sou assim, você é assado” e juntos vamos compartilhando o ser de cada um. Desse jeito vamos transformando o ato de se relacionar num constante aprendizado sobre nós, o outro e a vida.

Relacionamento é uma palavra que está muito associada à uma relação de dois, logo, estamos falando de uma via de mão dupla: se um doa o outro recebe, se um fala o outro escuta, há sempre uma troca. 


É bem verdade que nos relacionamos com tudo o tempo todo, o que significa que se você tem uma dificuldade em se comunicar, esse ruído estará presente em todas as formas de se relacionar com o meio. O chato é que normalmente quem têm esse ruído na linha sempre coloca a culpa no modem, no cabo, no servidor ou nas outras pessoas mesmo.



A maioria das relações sejam elas amorosas, profissionais ou de amizade têm problemas por que as pessoas não sabem escutar, e logico, não aprendem a  PERCEBER o outro. Resultado: Elas gritam!

Pessoas que sabem se comunicar e têm abertura para 'perceber' o outro, captam as mensagens no ar, no olhar ou num simples trejeito.

Percepção e comunicação podem ser tornar dispositivos de plug and play se assim escolhermos!


Lembrando agora, o filme “Avatar” dá um show de abordagem sobre comunicação, conexão e sentir.
Quem não viu vale a pena!





Surdez Indesejada
— Acho que minha mulher está ficando surda! — o sujeito comenta preocupado com o amigo médico — Eu sempre preciso repetir várias vezes as perguntas que faço!
— Você pode medir o grau de surdez dela com um teste bem simples. — sugere o médico. — Fique a cinco metros dela e pergunte alguma coisa. Repita a pergunta até ela responder, sempre se aproximando um metro.
O sujeito volta para casa e faz exatamente o que o amigo recomendou. Ele se coloca a cinco metros da mulher na cozinha e pergunta: 
— Querida, o que temos para jantar?
A mulher não responde e ele, seguindo as instruções, se aproxima mais um metro e repete a pergunta. Como ela não fala nada, ele repete o procedimento mais trêsvezes, até encostar nela.
— Hoje temos lasanha à bolonhesa!— responde a mulher, alterada — Pela QUARTA e última vez, seu surdo!

2 Responses so far.

  1. Muito bem observado, Monique!Embora a humanidade tinha progredido demais no que diz respeito às questões tecnológicas e a pópria "comunicação" tenha vencido tempo e distância, ainda somos incipientes na tarefa de se fazer entender e entender o próximo e, acho, por duas razões principais: 1 - falta de confiança para assumir posturas - e, por tabela, se assumir... ; 2 - induvidualismo - que nos impede de nos colocármos no lugar do outro. São problemas diametralmente opostos, mas super freqüentes na dinâmica das relações humanas.
    Ah, valeu pela dica do filme - vou conferir!
    Beijos

  2. Anônimo says:

    è! hoje percebo o quanto perdemos em não desenvolvermos a escutatória.
    O fundamental para o crescimento é saber trocar...
    Como disse Rubens Alves no texto a escutatória que preciso praticar.Falar muito atrapalha todo o processo de reconhecer o outro não da tempo
    e com isso você sabota a relação
    vou tentar o exercicio .
    O filme é um ótimo começo
    valeu!

Licença Creative Commons

Creative Commons License
Bitola Humana by Monik Ornellas is licensed under a Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://consciencianarealidade.blogspot.com.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.
10 frases do dia-a-dia que influenciam sua vida.

Curta!

Mais lidos

Seguidores

Assine o Bitola por E-mail

- Copyright © Bitola Humana -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -