Postado por : Monik Ornellas

Felicidade

Nós podemos optar por ver os acontecimentos independente do grau, gênero, qualidade e intensidade deles de uma forma positiva ou negativa. Não estou falando de estar passando fome e afirmar para si mesmo que está feliz. O nome disso é auto engano, mas sim, de compreender que qualquer vivência nos proporciona uma lição, que nos eleva a uma compreensão maior da vida rumo à felicidade.

A felicidade está ao nosso lado todo tempo, mas não temos olhos nem sentidos refinados para ver ou senti-la. Estamos mais concentrados nos desamores e desagraças da vida reforçando essas “verdades” como a única possibilidade de realidade.

Então, eu opto todos os dias pela Felicidade, para que possa refinar meus olhos afim de enxergá-la e inspirá-la todos os dias.

Simplicidade

Todas as coisas são muito simples em sua essência. Todos os problemas tem soluções simples e viáveis, mas criamos labirintos para nos descobrir heróis de nossa própria história, para ter ganhos emocionais e com isso um aumento de estima.

Parece tosco agir dessa forma, mas temos o hábito de dar mais valor não só a nós mesmos como aos outros, pela transposição das dificuldades, tirando assim, todo o valor da simplicidade de cada coisa.

Simplicidade não é mediocridade, nem uma postura humildade perante as situações. Simplicidade são ações simples que levam a respostas profundas, é a visão de problemas complexos que olhados à distância nos permitem perceber os fios que desatam os nós.

Eu tenho optado pela simplicidade todos os dias.

Sincronicidade

Essa é uma palavra pouco conjugada e de difícil de entendimento porquê ela está interligada com outra tão difícil de se praticar quanto ela: confiança.

Para entrar na sincronicidade é preciso ter confiança. Em quem? No quê? Em si mesmo e nas suas próprias escolhas.

È muito interessante porquê confiamos em nossos pais, em nossos parceiros, mas nunca em nós. Por vezes, nossos pais e parceiros confiam em nós mais do que nós mesmos.

O universo que gira à nossa volta tem seu ritmo definido por cada pequena escolha que fazemos, logo, o retorno que obtemos da vida é ditado pela inconsciência ou não de nossos atos.

Há um princípio muito sábio e bonito que diz: “Não há escolha errada, só há o Caminho”, o que significa que a única coisa válida é a experiência. Isso nos leva a entender que todas as nossas pré-ocupações e ansiedades são infudamentadas. Se não há como trilhar um caminho errado, qualquer uma das minhas escolhas estarão me conduzindo à vida que escolhi para mim, então, é exatamente por isso que todos os dias opto pela beleza da sincronicidade em todos os acontecimentos da minha vida.

É muito fácil entrar nas concordâncias da sociedade, embora eu não acredite que elas não possam proporcionar nenhum tipo de Felicidade, Simplicidade ou Sincronicidade em nossas vidas, pelo simples fato dessas concordâncias não valorizarem tais formas de ver a vida.

Algumas opções serão sempre deliberadamente individuais.

Licença Creative Commons

Creative Commons License
Bitola Humana by Monik Ornellas is licensed under a Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://consciencianarealidade.blogspot.com.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.
10 frases do dia-a-dia que influenciam sua vida.

Curta!

Mais lidos

Seguidores

Assine o Bitola por E-mail

- Copyright © Bitola Humana -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -