Postado por : Monik Ornellas

Estamos vivendo a ditadura da Opinião.
É proibido tê-la, como também é proibido, não tê-la.


A não ser que você seja altamente, totalmente politicamente correto, um ser mamão-com-açúcar, um morde-assopra ou qualquer coisa que agrade à todos e não mexa com nenhum grupo sei-lá-do-quê, tu tá fudido amigo!

Vivemos o momento da segregação, você precisa optar por um lado, o que significa não ser do lado oposto, muito embora, em qualquer um dos lados que escolha, fatalmente, você será ser atacado de todos os lados.

Se você gosta de comida vegana, será repudiado por quem não gosta de legumes, não necessariamente, por quem é carnívoro, mas também;
Se gosta de sertanejo, será repudiado pelos pseudo-culti-musicais;
Se gosta de funk, depende, porque está moda odiar funk, como também está na moda venerar o funk;
Se não gosta de MPB, os pseudi-culti-musicais também vão te crucificar e assim sucessivamente para Rock, POP, Música Clássica ou seja qual for o gosto musical que tiver;
Se gosta de Paulo Coelho, 50 Tons ou Crepúsculo, se mata!
Se não curte lances radicais, tu é um merda sedentário-da-porra;
Se curte skate, é odiado por quem curte bike;
Se curte bike, é carcado por quem é pedestre;
Se gosta de golf ou tênis, tu é um riquinho-metido-de-merda;
Se, se amarra em Marte, você é hippie-sem-noção ou será tachado por quem curte Júpiter...
E não tem fim.

Embora todos queiram e tenham uma opinião, é proibido tê-la, a expor, beira a crucificação. Pessoas perdem emprego, são excluídas de redes sociais, marginalizadas virtualmente e em muitos casos, fisicamente.

Sim, existem pessoas que de tão radicais em sua opinião, são intoleráveis. Mas não é sobre isso exatamente que estou falando, e sim sobre esse fechamento mental para a verdade e a realidade que é do outro.

Os haters, nada mais são que uma resistência, 
à qualquer coisa que não faça parte do seu "mundinho".

Rola uma incapacidade em lidar com o novo, o diferente e o externo, pois estes abalam suas convicções pessoais. Fora que, a resistência nos tira do fluxo das coisas.

Embora eu e você tenhamos o direito de achar aquela música uma merda, é melhor fazer off-topic, sem ninguém saber, porque divulgar gostos e desgostos anda sendo quase um suicídio virtual. É bem provável, os fãs da música/cantor te massacrarem. Ao mesmo tempo, se você gostar muito de algo que não é senso comum, ou que esteja fora do poder de alcance de pelos menos 50% da sua rede, tu também se fode, e muito!

Vivemos uma guerra de opiniões, retratada na violência virtual, nos ataques, nos posts de repúdio.

Nossas guerras todas se trataram sobre quem estava certo ou não, e continuamos nessa pegada, só que agora num mundo globalizado, onde ao invés de aprendermos com o universo do outro, o atacamos.

Não podemos ser crentes, nem macumbeiros, nem sem religião, nem homo, nem hetero, nem bi ou trissexual, nem de cor, nem sem cor, nem porra nenhuma, porque ser de um "tipo", significa não ser de outro "tipo", e um não aceita o outro, daí rola uma porradaria porque estamos vivendo uma sociedade hipócrita pra-caralho, onde todo mundo deseja um mundo bunitim, limpim, organizadim, mas tasca-lhe porrada pra todo lado quando alguém não se enquadra na fôrma. E mesmo quem se contorce para se enquadrar na maldita fôrma, sofre represálias de quem tá fim de ser "livre".

E minha pergunta é: Mas que porra de liberdade é essa que precisa do ok do mundo para ser livre?

Cara, vive a tua vida! Com maestria, com presença, com beleza! Dá um trabalho da porra viver a própria vida, e se fizer isso com total abandono, não sobra tempo para essas merdas todas.

Beije quem quiser, faço o quê e como fizer, não importa se de esquerda, direita ou do meio, só faça o que te apraz, e se, cada um fizer o seu, sem ficar comparando com o tamanho do pau do outro, ficaremos todos leves e tranquilos dentro das nossas próprias escolhas.

A Terra é um planeta de diversidades. Imagine se a tundra, competisse com o deserto que quisesse acabar com as calotas polares que estão em guerra com as savanas? O planeta implodiria. Qualquer coisa diferente do que não é igual, nos levará à extinção, seja por um DNA monótono em criatividade para expansão, seja pelas mãos daqueles que se matam, por terem escolhas e opiniões adversas.

Simplesmente viva a tua vida! Não só fale de paz, mas seja a paz. Começando pelo respeito ao outro sob todos os aspectos, mesmo aqueles de difícil compreensão. Se possível, permita-se aprender sobre as diferentes nuances de escolhas e realidades que esse planeta pode te oferecer, temos hoje em dia a oportunidade fenomenal de compartilhar tudo isso em tempo real.

São mais 7 bilhões de realidades simultâneas, 7 bilhões de verdades, de certos e errados. Existe alguma melhor que a outra? Pensa aí, reflita e vê se abre a mente.

Abraços!
Monik Ornellas

Licença Creative Commons

Creative Commons License
Bitola Humana by Monik Ornellas is licensed under a Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://consciencianarealidade.blogspot.com.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.

Verborragia em ebook, compre já o seu na Amazon.
10 frases do dia-a-dia que influenciam sua vida.

Curta!

Mais lidos

Seguidores

Assine o Bitola por E-mail

- Copyright © Bitola Humana -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -